segunda-feira, 6 de maio de 2013

LARANJA MECÂNICA ( 1962)






Aviso ao Leitor

No final deste livro você vai encontrar um glossário da
linguagem Nadsat, que é o “dialeto” falado por Alex – protagonista e narrador de Laranja Mecânica – e sua gangue. A
leitura desse glossário antes da história propriamente dita
pode ser interessante para uma compreensão mais imediata
da mecânica do texto.
Mas, se você quiser experimentar a sensação de profundo estranhamento que os leitores ingleses tiveram (e ainda
têm, pois o glossário não é publicado nas edições britânicas),
recomendamos descaradamente: mergulhe primeiro na narrativa bizarra de Alex e sinta o estranhamento de Laranja
Mecânica da maneira que seu criador imaginou. E se depois
você ainda quiser ler o glossário, tudo bem.
Seja qual for a opção, prepare-se: o choque (ou quem sabe
o toltchok, conforme você entenderá adiante) será grande.
Mas você vai gostar.


PDF: http://www.editoraaleph.com.br/site/media/catalog/product/f/i/file_10.pdf

Nenhum comentário:

Postar um comentário

CLEPTOMANIA - Punk Sergipe 80/90